falta de água e de pensamento crítico

Bom galera, senta que o post vai ser longo. Ou levanta, pois eu vou dizer algumas coisas que podem não ser tão confortáveis assim de se ler.

Resolveu ficar? acha que é forte o suficiente? depois não diga que eu não avisei hein? certo, então vamos lá:

O SEU CÉREBRO É FALHO. Sua capacidade de entendimento das coisas foi MUITO ultrapassada pela ciência. Hoje em dia nós conseguimos dados sobre coisas que não temos a MENOR capacidade de abstração para conseguir entender ou mesmo fazer uma vaga idéia.

Responde rápido: você sabe quanto é 1 bilhão de reais? Quando eu digo que o Sol está há 150.000.000km da Terra, você tem que ficar contando zerinhos pra entender que se tratam de 150 milhões de quilômetros (e admita, saber isso não fez a MENOR diferença pra você ter alguma noção dessa distância).

Isso porque o nosso cérebro evoluiu as habilidades necessárias para a nossa sobrevivência, isto é: achar comida, fazer sexo e evitar ser morto por predadores antes de fazer sexo. As habilidades que precisamos para isso: reconhecer padrões, tomar decisões baseadas no que conseguimos ver e medir.

Imagina um homem das cavernas, lá na savana africana, vendo uma cena como essa:

 

Quantos búfalos têm aí? Essa pergunta só faz sentido se você for o Rei do Gado e está contando suas cabeças de búfalo, mas se você é um homem das cavernas querendo sobreviver, você sabe exatamente quantos búfalos têm aí: UM MONTÃO! Quantidade suficiente pra você ficar LONGE. E segue a vida. Ninguém precisava saber exatamente de quantos búfalos você sobreviveu. Até pra contar a história lá na aldeia, não ia ter um chato perguntando quantos eram. MUITOS era um número completamente válido (inclusive para algumas tribos que sobreviveram até hoje).

Nesse momento você deve estar bradando aí internamente (ou os mais exaltados até deve estar xingando a pobre tela de LCD e expelindo perdigotos na coitada) “EU SOU UM SER EVOLUÍDO! NÃO SOU UMA PORRA DE UM ÍNDIO!”

Ah não? Então mostraí fera, quanto é uma pilha de 1 bilhão de dólares? Cabe na carteira? Cabe na sua sala? E o seu carro tem autonomia pra fazer uma viagem de 150 milhões de quilômetros até o Sol? Vamos mais alguns exemplos? Você sabe quantas “Terras” cabem dentro do Sol? 1 milhão! Sabe quanto é isso?

IMG_2171

Agora aproveitando essa imagem bacana aí em cima: você conhece nosso planeta né? Já viu alguma foto da Terra vista do espaço? A NASA chamou a primeira foto dessas, feita pela missão Apollo de “The Blue Marble” (algo como “Bolinha de Gude Azul”).

Earth_s_true_colours

Guilherme Arantes, quando viu essa imagem compôs “Terra, Planeta Água” (sim, chato pra cacete).

Afinal, não faz o MENOR sentido chamar de Terra algo que tem 2/3 de sua superfície coberta por água, certo? ERRADO! Olha aí nossos olhos pregando peças de novo. Olha aí, novamente você se achando o ápice da evolução (desculpe, você não é mais evoluído que um peixe ou que uma bactéria que vive no seu intestino). Na imagem abaixo, vemos 3 “gotinhas” a maior é o total de água do planeta (sim, TODA a água da Terra, incluindo a água dos mares, polos, icebergs, lençóis freáticos, cavernas, atmosfera e até a água que há nos corpos dos seres vivos, como eu, você e todos os outros seres), a segunda, representa toda a água líquida e doce e a terceira, sim esse pontinho azul que mal dá pra ver, representa toda a água em rios e lagos.

global-water-volume-fresh-large

 

Vou dar um minutinho pra você recolher o queixo que caiu.

Enquanto isso, se você quiser ler mais a respeito, sugiro esse link (em inglês).

Somos muito bons em reconhecer padrões onde não existe e somos extremamente bons em acreditar nesses padrões (afinal, nossa vida sempre dependeu disso e nós, como espécie, sobrevivemos), portanto não dá pra não acreditar certo? ERRADO de novo. Nosso conhecimento ultrapassou e MUITO o que a evolução nos deu de ferramentas para lidar.

Vou dar mais um exemplo: já ouviu falar em PAREIDOLIA? É a nossa “capacidade” de encontrar rostos inclusive onde não existe.

enhanced-buzz-32408-1259894121-28-243x300 Pareidolia-3 pareidolia-peppers-l z-Martian_face_viking_cropp

(divertido né? Mas pensa que tem gente rezando pra torradas ou paranóico por o governo estar escondendo A VERDADE sobre Marte).

Como lidar com isso? É SIMPLES… questione suas percepções, questione suas crenças, pare de pensar que pensa!

E por falar em “pensar que pensa” esse cidadão começou certo, questionou a crise hídrica de São Paulo, mas errou, errou feio, errou rude ao achar que sua percepção sobre o que é cheio/vazio e muito/pouco é absoluta. E foi essa a grande bobagem que ele cometeu (muita gente já veio me perguntar sobre esse vídeo, que tá rolando há umas semanas pelo facebook).

 

OHHHHHHHH Quanta água né???? (antes de responder, lembrem daquela imagem do planeta com as gotinhas representando TODA a água do planeta).

Aqui está uma lista dos principais reservatórios que abastecem São Paulo e suas capacidades (tirei desse link aqui)

Sistema Cantareira:
Capacidade total: 1 trilhão de litros
População que abastece: 6,5 milhões

Sistema Alto Tietê:
Capacidade total: 520 bilhões de litros
População que abastece: 4,5 milhões

Sistema Guarapiranga:
Capacidade total: 171 bilhões de litros
População que abastece: 4,9 milhões

Sistema Rio Grande:
Capacidade total: 112 bilhões de litros
População que abastece: 1,2 milhão

Sistema Alto Cotia:
Capacidade total: 16 bilhões de litros
População que abastece: 410 mil

Sistema Rio Claro:
Capacidade total: 13 bilhões de litros
População que abastece: 1,5 milhão de pessoas.

 

Reparou? Cabem 1 TRILHÃO de litros de água no sistema Cantareira. 5% disso é cerca de 50 BILHÕES DE LITROS de água (lembra dos búfalos? você sabe contar quantos litros de água têm ali naquele vídeo?). E 6,5 milhões de pessoas (o tanto que o sistema abastece) consomem quanta água por dia? Se enfileirarmos 6,5 milhões de pessoas, vai dar uma fila de quantos km?

Nosso cérebro que evoluiu para ser ótimo em arrumar comida e sobreviver até conseguir transar e deixar descendentes não consegue entender essas medidas. Ainda juntamos um governo incompetente e uma história de conspiração, de que tem guardas que não deixam ninguém filmar nem fotografar e a parada fica completamente irresistível (lembra do rosto de Marte, aí em cima?). O cidadão passa pela represa, vê 50 bilhões de litros de água e chega a conclusão de que há uma conspiração do governo para esconder a água da população.

Agora vamos pensar mais um pouquinho?

• Já falamos aqui DIVERSAS vezes sobre a incapacidade de entendermos esses grandes números e volumes de água x população atendida x consumo

• Por que diabos um governo que já se mostrou completamente incompetente acaba com seu resto de popularidade escondendo a água da população?

• Como ele diz no vídeo: “Pra onde está indo essa água”? Será que o imbecil do Alckmin fez TANTA merda que precisa de 50 bilhões de litros de água pra dar a descarga? (é, olhando por essa ótica essa hipótese faz até que bastante sentido.. rs)

• Se a água tá sendo “desviada”, por que a imprensa não divulga isso? Quer dizer, NENHUM órgão da imprensa divulga. Será que são eles que estão recebendo TODA a água em troca de acobertarem a farsa?

• E os policiais que não deixam ninguém filmar, qualquer um que aparecesse para uma entrevista receberia uma bolada. Será que eles estão recebendo reforços nos salários também para encobrir a farsa?

• Será que essa conspiração para esconder a água da população valeria a pena por ser TÃO cara e TÃO difícil de manter? E com qual propósito?

• A propósito, uma conspiração desse tamanho teria que, necessariamente envolver as 3 esferas do governo (municipal, estadual e federal) e em diversos municípios do Estado de São Paulo. Essas esferas têm em seu comando partidos de oposição e de governo. Imagina o inferno que seria um pacto político que satisfaça TODOS os envolvidos (prefeitos, vereadores, secretários, deputados estaduais, governador, ministros, deputados federais, senadores e a presidente da república), sem contar a diretoria de todas as empresas envolvidas (inclusive na geração e distribuição de energia elétrica), a Agência Nacional de Águas e o Operador Nacional do Sistema Elétrico (fora umas milhares de outras instâncias burocráticas que eu não consigo nem imaginar que existam, mas que também iam querer sua boquinha pra manter o segredo). E novamente: A troco do que? Qual a grande vantagem?

• E o mercado financeiro? Tá todo mundo dizendo que a Sabesp só visa o lucro, porém por que eles fariam parte dessa conspiração que está acabando com o valor de mercado das ações da empresa na Bolsa de Valores? (veja o gráfico com o desempenho da ação, ladeira abaixo desde julho do ano passado)

Screen Shot 2015-02-03 at 10.03.22 PM

Viram como é até divertido fazer esse exercício? A gente começa questionando algo com um argumento que aparentemente faz todo sentido, depois questionamos esse argumento e o bombardeamos de perguntas. Será que ele sobrevive? Se sobreviver, será que não estamos cometendo nenhum equívoco de percepção? Se você consegue entender isso e chegar essas conclusões, seja muito bem-vindo. Você está adentrando o maravilhoso mundo do método científico e está começando a treinar seu cérebro para conseguir entender melhor esse universo fascinante em que vivemos.

 

Boa viagem! (mas não se esqueça de ECONOMIZAR água… SEMPRE)

ateísmo e os deuses dos outros

Acabei de ler essa “notícia” (entre aspas, porque em nenhum universo que se preze isso seria uma NOTÍCIA): Andressa Urach revela que fez pacto com pomba-gira.

Eu nunca havia ouvido falar dessa moça antes da notícia (essa sim, uma notícia de verdade) de que ela estaria em coma por uma infecção causada por aplicações de hidrogel nas pernas. Na época eu até pensei em escrever algo aqui, pois o machismo nos comentários e na imprensa em geral era algo nojento. A moça foi tão criticada por SE objetificar que esqueceram que se tratava ali de um ser humano. O fato é que estava todo mundo objetificando uma mulher, extirpando-a de sua humanidade para poder criticá-la por se auto-objetificar (como se ela não estivesse atendendo ao chamado dessas mesmas pessoas que olham uma moça como a Fernanda Gentil na praia e acham o corpo dela “bizarro”). A nossa sociedade (machista) construiu esses “ideais de beleza” e abriu espaço para que se crie esse tipo de “celebridade” que é famosa por atender justamente a TODOS os anseios de um “corpo perfeito”. Resumindo: o essa sociedade nojenta em que vivemos criou essa “oportunidade de emprego” de “mulher-gostosa-e-perfeita-tipo-panicat”, só que quando dá ruim, são essas mesmas pessoas as primeiras a criticarem, que a moça devia estudar, ou arrumar uma profissão decente ao invés de ficar obcecada com o próprio corpo. OI? QUEM É OBCECADO COM O CORPO DOS OUTROS? (sim, pois aparentemente ninguém quer cuidar do PRÓPRIO corpo, da própria saúde né?).

Mas enfim, não tinha vindo aqui para escrever sobre isso, mas estava entalado (eu fiz meia dúzia de posts no tuíter na época, mas o tuíter é um tanto efêmero demais. É bom que agora fica aqui registrado e com um pouco mais que os posts limitados a 140 caracteres de lá).

Agora vamos ao que interessa. Bora falar de deus.

Segundo a “notícia” acima, a moça Andressa se arrependeu de ter feito um pacto com uma pomba-gira (entidade das religiões afro-brasileiras, como o umbanda e candomblé) para que conseguisse tudo o que queria, em troca de uma garrafa de champagne (no post dela tá escrito meio errado, mas ok) a cada R$ 1.000,00 que ela ganhasse (fora valores de trabalhos e algumas festas esporádicas). Aí ela passou por todo o perrengue que passou e sentiu que havia vendido a alma. No post, ela cita sua família que é da igreja universal do reino de deus e que se afastou por não concordar com o dízimo. Depois de ficar em coma, Andressa diz que teve “um encontro com deus”, que rezou, voltou a ser dizimista, acordou do coma e foi curada de uma segunda infeccção depois de 7 dias. Esse é um resumo bem básico da notícia, mais detalhes, por favor não deixem de clicar no link (e dar $$$ pro UOL).

1- me pareceu um contrato um tanto específico demais para uma entidade espiritual. Eu diria que teve um (bom) intermédio “mundano” aí no meio desse acordo (e arrisco dizer que a pobre pomba-gira não viu uma só gota do tal champagne).

2- eu não sou muito bom com números, mas me parece que uma champa a cada R$ 1.000,00 é um valor BEM menor do que 10% de TUDO o que a pessoa ganhar, não? Tudo bem, vocês podem dizer que a pomba-gira não tava sendo lá muito eficiente, que deixou ela ter a infecção e tal, mas será que ela não conseguiria um deus intermediário? Que a curasse por, sei lá, 1 champa e 3,5% ao mês?

3- eu fico impressionado como passa batido o preconceito que se tem com “os deuses dos outros”. A matéria deixa claramente a entender que a “pomba-gira” é o demônio, ou uma “entidade ruim” e a maioria das pessoas nem para pra pensar nisso, simplesmente aceita e acha uma absurdo nivelar as duas entidades como eu fiz no ítem 2, onde coloco deus e a pomba-gira no mesmo patamar de divindades que são (e só chamo a atenção para os valores cobrados pelos HUMANOS que estão “por trás” dessas divindades).

4- será que teríamos esse mesmo preconceito se trocassem “Pomba-gira” por “Buda”? E por Zeus, Thor ou Obi-Wan Kenobi? Será que há um componente FORTE de racismo aí também, por se tratar de uma entidade de religião afro?

5- ao mostrar tamanha intolerância e preconceito com os “deuses dos outros” não estamos sendo iguais aos fundamentalistas islâmicos? Nós não estamos matando EM NOME do deus cristão, mas tem gente morrendo por seus deuses afro-descendentes (isso foi irônico… crimes de ódio acontecem contra negros TODOS OS DIAS e o componente religioso é sim um agravante).

6- também TODOS os dias ateus sofrem algum tipo de preconceito por não acreditarem em NENHUM deus. E eu acho engraçado que sofremos preconceitos sendo ainda muito mais tolerantes com todas as religiões. E outro fato importantíssimo, não há uma diferença TÃO grande entre um ateu e um cristão: existem e existiram milhares (talvez milhões) de deuses e divindades na história da humanidade. Um cristão é completamente ateu para TODOS esses deuses e divindades, menos para o seu deus-cristão. Enquanto isso, nós ateus somos ateus para todos. Na prática, nós só deixamos de acreditar em 1 deus a mais que eles.

7- deixei o último pro final. o deus da Andressa a curou em 7 dias. 7 dias é exatamente o tempo necessário para que um ciclo de antibióticos aja no organismo e elimine por completo uma infecção. pena que ela não vai reconhecer isso e doar 10% dos seus rendimentos para a área de pesquisa do hospital que salvou sua vida.

Para encerrar, eu nunca havia ouvido falar na moça Andressa Urach, mas eu realmente torci muito pela sua recuperação e a defendi de diversos comentários imbecis (não que isso tenha alguma relevância), mas usar seu caso para alimentar preconceitos que já são tão arraigados contra religiões afro-brasileiras é feio demais. Reze para seu deus, dê seu dízimo, mas deixe o deus dos outros em paz (ou até quem não tem deus).

 

A-deus!

He For She

_TGF4731-Edit

Se você leu o post anterior, sobre privilégios e quer fazer alguma diferença nessa luta, entre em heforshe.org, manifeste seu apoio, divulgue nas redes sociais e principalmente: MUDE SUAS ATITUDES, desde a menor até as mais arraigadas na alma. Mude seus hábitos sexistas, lute contra os estereótipos de gênero. Escreva a respeito, mostre a todos que você está abrindo mão dos privilégios em prol de um mundo com mais igualdade.

Homem feminista PODE SIM, e PODE MUITO (só não pode protagonizar, o movimento é DELAS, nosso papel é apoiar)

Veja o discurso da Emma Watson, a embaixadora da ONU para a causa ASSISTA, por favor:

 

 

 

privilégios

Sou homem, branco e hétero. Sou privilegiado. Fui criado como privilegiado, vivi como privilegiado.

Sou machista, racista e homofóbico. Esses grupos são diferentes de mim e da minha criação. Fui criado para ter essas posições, vivi quase minha vida toda com essa criação, imerso numa sociedade que foi feita para perpetuar os privilégios e esmagar as minorias.

Todo dia eu acordo e levanto da minha cama com o objetivo de ser uma pessoa melhor, de ir contra a sociedade, ir contra a minha criação, abrir um pouco de mão dos meus privilégios e tentar ser menos machista, menos racista, menos homofóbico. Eu não entendo dos movimentos sociais, não li os livros essenciais, não estudei o tema. Sou uma pessoa comum, tentando ser um pouco mais comum, um pouco mais como são todos. Tentando fazer com que xs que foram deixadxs nos degraus mais baixos da sociedade subam, tentando fazer com que privilegiadxs como eu, enxerguem esses privilégios e passem também a lutar contra eles.

Não tô de mimimi, não tô me vitimizando, não estou dizendo que é difícil. É sim difícil abrir mão de privilégios, é sim desgastante fazer militância, mesmo que a “de sofá”, bater boca com gente ignorante no trabalho, no boteco e na internet. Mas é o MÍNIMO que eu posso fazer.

É o MÍNIMO do MÍNIMO do MÍNIMO que eu DEVO fazer. Por que eu tenho o privilégio de “desligar” tudo isso e voltar para a bolha que a sociedade me coloca, uma bolha onde ninguém quebra uma lâmpada na minha cara por eu amar alguém do mesmo sexo, em que eu corro risco quase zero de ser estuprado na rua, mesmo se sair pelado, onde eu passo por policiais à noite e recebo um “boa noite” ao invés de um “mão na cabeça, vagabundo”.

Eis aqui mais alguns privilégios que eu tenho:

– privilégio de poder vestir o que quiser e não ser julgado por isso (e nem culpabilizado em caso de violência sexual)

– privilégio de poder sair de mãos dadas e demonstrar carinho com quem eu amo na rua, sem sofrer agressão física e verbal

– privilégio de poder beijar em um restaurante sem medo de ser expulso pelo gerente ou segurança

– privilégio de poder mandar no meu corpo, de tomar as decições que bem entender sobre ele

– privilégio de poder cometer erros sem que isso seja imputado à cor da minha pele

– privilégio de poder dizer o que penso, de contribuir com algum debate e ter a opinião respeitada, sem ouvir coisas como “isso é não discussão para homens”

– privilégio de ser respeitado, de ter meus direitos constitucionais básicos inatacados e de não precisar lutar por respeito TODO DIA

– privilégio de não ser visto como uma aberração aos olhos de religiosos fundamentalistas (mesmo sendo ATEU)

– privilégio de poder me casar (no civil mesmo) com a pessoa que eu amo e escolhi

– privilégio de poder ser assaltado sem que a polícia me prenda como assaltante

– privilégio de poder morrer em paz, e saber que essa pessoa com quem casei não terá dificuldades em ficar com os bens que construímos durante a vida juntos

– privilégio de não ser morto na rua apenas por ser negro, por ser mulher ou por ser homossexual

– privilégio de a polícia não engavetar meu assassinato, como se não tivesse importância

– privilégio de não precisar de leis que restaurem a igualidade

– privilégio de não precisar ouvir críticas de gente estúpida que acha que as minorias querem ser privilegiadas (nem estou olhando pra você, sr. pastor)

Mas FELIZMENTE eu tive um privilégio a mais e esse tem um valor inestimável: eu tenho AMIGXS. Primeiro, nos anos em que eu morei no bairro do Ipiranga, em São Paulo, tive um contato MUITO próximo com o movimento Hip Hop, fui inclusive DJ uma parte da minha adolescência e cresci revoltado com a diferença de tratamento que a escola, a PM e a sociedade em geral dispensava a mim em relação aos meus amigxs e colegas negrxs. Já naquela época eu me dei conta (talvez não com essa organização mental e lucidez que tenho hoje) do privilégio de ser branco, de como eu tinha muita gente com tanto (e até MUITO MAIS) potencial que eu, que não teria as mesmas oportunidades que eu teria na vida. E tudo isso pela cor da pele. Desde então, passei a tomar um cuidado redobrado para matar qualquer forma de racismo em mim, desde a mais breve piadinha. E até hoje eu ainda me pego vez por outra tendo que sufocar algum pensamento racista, e me envergonho desses pensamentos. Esse foi meu hino naquela época, e infelizmente anda mais atual do que eu gostaria:

Mas eu ainda era um machista e homofóbico. E eu NUNCA havia nem me dado conta disso. Para mim, eu era um ser humano completamente normal, até um pouco acima da média, pois eu não era racista e olhava torto para os racistas a minha volta. Isso nunca me impediu de ser um completo babaca. O primeiro grande chacoalhão foi quando perguntei a um homossexual amigo meu se ele já havia ficado com mulheres (clássico da homofobia) pra saber se não gostava mesmo (achando que era a coisa mais normal do mundo fazer esse tipo de pergunta, pq afinal, é NORMAL ser hétero) e levei a resposta mais óbvia e a que eu MENOS esperava: “eu não, e você, já ficou com homem pra saber se é hétero?” Aquela resposta havia sido TÃO genial, tão óbvia e tão inesperada, que a partir daquele momento eu comecei a rever todas as minhas posições, minhas declarações e pensamentos sobre a homossexualidade. Mas ainda havia um loooooongo caminho pela frente (e ainda HÁ).

Minha luta interna contra o machismo começou com a convivência com uma amiga e colega de trabalho, a Renata Zê (já disse isso e repito, MUITO obrigado Rê!). As tiradas, as idéias, os comentários, as coisas pelas quais ela lutava! Coisas que eu jamais imaginaria que poderiam incomodar, atitudes, pensamentos, comentários que todo homem faz e que é ÓBVIO que são escrotos, mas só são óbvios se realmente paramos para pensar, coisa que NINGUÉM faz, nenhum privilegiado para para pensar que não é um privilégio para a mulher ser cantada por ele. Nenhum babaca machista acha que incomoda (eu inclusive).  E sim essa sociedade que nascemos e fomos criados foi feita para PERPETUAR esses privilégios, o privilégio que EU TENHO, que todo homem, branco e hétero tem: o de SER BABACA.

ISSO é ter privilégio. E pessoas morrem por não terem esses privilégios, pessoas morrem simplesmente por não serem homens, brancos e héteros. E o sangue dessas pessoas está nas minhas mãos, mas também está na de TODOS que não fazem nada para que isso acabe, que alimentam, que perpetuam, que fazem piadas racistas “mas é só de brincadeira”, que falam que “pode ser gay, mas viado tem que morrer”, que mexem com mulheres na rua e que acham que o mundo tá muito chato “politicamente correto”.

O mundo está sim mudando. O que era normal, não é mais e não pode mais ser.

Antigamente tinha racismo na TV, no rádio, nas conversas de botequim. Escancarado, escrachado no humor, nos comentários, nas expressões. Hoje ainda tem, mas é velado, é o racismo do estereótipo, é o racismo que finge que não existe. O racismo perigoso, pois nega a si mesmo e ainda imputa a pecha de racista a quem o aponta. E de uns tempos pra cá, também agora tem o racismo reverso, invenção de brancos que nunca sentiram na pele o que é ser julgado (e condenado) pela sua quantidade de melanina.

O machismo ainda está impregnado em CADA PORO da sociedade, em homens, mulheres e crianças. O sexismo está TÃO arraigado em todos nós que é muito difícil ver alguém que pára para pensar nessas práticas, e que consegue enxergá-lo, pois está tão presente quanto o ar que respiramos (e faz tanto mal quanto esse ar poluído de SP – ou mais). É TÃO óbvio que azul é “de menino” e rosa “de menina” que as pessoas simplesmente nem questionam mais esses “valores”. E essa separação sexista ainda serve para ensinar a homofobia para as crianças já desde o berço (“meu deus, meu filho gosta de rosa!”)

A homofobia é um capítulo à parte. É a mais escancarada, todo mundo tem opinião formada sobre homossexuais, como eles devem ser, o que devem vestir, qual o tom de voz adequado, etc. (a lista é LONGA). E quando alertamos que esse tipo de “opinião” não passa de homofobia, vêm logo dizendo que jamais seriam homofóbicos, pois têm até amigos gays. Adoram usar o termo homossexualismo para desfilar suas “opiniões” honestas e até amigáveis, mas quando são corrigidos para o termo “homossexualidade” começam a xingar ou somem de vez, mostrando que a real intenção não era nada amigável e sim ofender, humilhar e diminuir.

Então sim, o mundo ESTÁ mudando, e mudando para MELHOR. E infelizmente (ou felizmente) você não tem opção. Nossos privilégios como homens, brancos e héteros está morrendo lentamente, um pouco a cada dia. E nós temos uma escolha a fazer: ou ajudamos a mudar (e com isso nos preparamos para esse mundo novo que vem aí) ou morremos com o mundo velho, reclamando e fazendo nossos netos passarem vergonha.

Em que mundo você vive? Em que mundo você quer viver?

Eu já fiz minha escolha, e tenho MUITO orgulho de ser cada vez MENOS machista, racista e homofóbico. Tenha orgulho também, não orgulho de ser branco, não orgulho hétero (nada mais patético do que ter orgulho de ser maioria, orgulho de ter privilégio e esmagar as minorias). Venha ter orgulho de fazer diferente e fazer diferença nessa sociedade.

 

Fiquem em paz!

 

ao menos

“Se ao menos o meu amor estivesse aqui

Eu pudesse ouvir seu coração

Se ao menos mentisse ao meu lado

Estaria em minha cama outra vez”

 

(O amanhã é distante / tomorrow is a long time) Dylan em versão de Zé Ramalho

vocês conhecem a Rosetta?

Há coisas INCRÍVEIS acontecendo nesse planeta (e fora dele) enquanto levamos nossas vidas. Coisas que se pararmos para pensar, nossa cabeça é capaz de derreter, coisas que são capazes de colocar um sorriso no nosso rosto, por serem MAIS LEGAIS que muita ficção científica. Coisas tão extraordinárias que se contarem ninguém acredita (mas em horóscopo todo mundo acredita né?.. rs)

A Rosetta é uma dessas coisas.

Se ajeita aí na cadeira que eu vou contar. E se prepare, porque a história é MUITO legal!

Rosetta é o codinome de uma missão espacial da ESA (Agência Espacial Européia) com o objetivo histórico de “escoltar” um cometa (SIM UM COMETA!) em sua jornada em órbita do Sol. O primeiro candidato foi o cometa 46P/Wirtanen, mas após o atraso do lançamento da missão, nós literalmente perdemos a cometa. Então, o novo cometa escolhido foi o 67P/Churyumov-Gerasimenko, ou apenas 67P/C-G, para os íntimos (e os que têm dificuldades de pronúncia em russo, como eu).

Se o objetivo da missão fosse APENAS o mencionado acima, já seria algo absurdamente legal, mas TEM MAIS! A Rosetta carrega também um “lander” (um satélite que tem o objetivo de POUSAR NA SUPERFÍCIE do cometa!!!). Dá pra acreditar?? Ouié, dá sim! Veja essa animação com o caminho que a sonda vai percorrer em seus 12 anos no espaço.

Nesse momento a nave está há aproximadamente 400 milhões de km da Terra. Para termos uma vaga idéia do que significa essa distância, basta dizer que a Lua está a meros 380 mil km e o Sol há 150 milhões de km.

 

Por que Rosetta?

O nome da missão foi dado como referência a uma pedra com inscrições em 3 idiomas antigos, que foi a chave para decifrarmos os hieróglifos egípcios, a Pedra de Rosetta. O nome Philae foi dado em referência a um obelisco de pedra, próximo ao Nilo, com inscrições que puderam ser traduzidas graças à Pedra de Rosetta.

 

O que isso tem a ver com um cometa? 

O Sol, os planetas, asteróides e cometas foram formados mais ou menos na mesma época, todos da mesma nuvem de poeira. Portanto todos os corpos do Sistema Solar têm aproximadamente a mesma idade e a mesma origem. Só que na Terra existe o processo de erosão pelo clima, os ventos, as merés e principalmente as placas tectônicas, que “refazem” a superfície de tempos em tempos. Por isso não é possível para nós estudarmos as origens do nosso planeta e nem do nosso Sistema Solar com base na geologia terrestre. Estudar um cometa vai ser uma chave para um conhecimento sobre a nossa própria história, sobre a história do nosso sistema planetário sem precedentes, como foi a Pedra de Rosetta, que nos permitiu entender o que fizeram e como eram nossos antepassados.

 

História da Missão

Vamos começar do começo: a missão foi aprovada em 1993 e daí começou uma colaboração de cientistas de toda a Europa e EUA para a construção da sonda e do Philae (o módulo que vai pousar no cometa).

O lançamento estava previsto para 2003, mas uma falha no foguete Ariane, que colocaria a missão no espaço adiou o lançamento para 2 março de 2004 (bem no dia do meu aniversário!). Em 10 anos a sonda percorreu uma looooonga jornada pelo Sistema Solar (veja vídeo acima), passou pertinho de Marte (fev. 2007) e deu um rasante em 2 asteróides: 2867 Steins (set. 2008 – 250km) e 21 Lutetia (jul. 2010 – 800km). Nesses encontros com os asteróides a sonda aproveitou para pesquisar esses objetos que nunca haviam sido estudados tão de perto. Veja as imagens abaixo:

 

2867 Steins

Steins-FlyBy-Mosaic_625

 

 

21 Lutetia

4_closest_approach-0_625

 

 

Fotos de casa

Durante suas passagens pela Terra, a Rosetta aproveitou para fazer algumas fotos do nosso pálido ponto azul e da nossa boa e velha companheira, a Lua.

Earth_s_true_colours Rosetta_image_of_the_Moon

 

 

Marte

True-colour_image_of_Mars_seen_by_OSIRIS

 

Hibernação

Em junho de 2011 a sonda foi colocada em modo de hibernação enquanto se aproximava da órbita do 67P/C-G. Em janeiro de 2014 a ESA fez uma grande campanha online (principalmente no twitter) para “acordar” a Rosetta (sim, eu participei e, sim, eu chorei quando veio a notícia de que a nave havia acordado e que os sistemas estavam funcionando. Foi BEM LEGAL!!)

Logo após o seu despertar, a ESA criou um perfil próprio para a missão no twitter e no facebook além de um blog, e desde então têm sido muito mais fácil acompanhar sua evolução dia a dia.

Esse vídeo foi publicado no twitter e explica direitinho a missão (em inglês, mas é bem fofo)

A ESA também está promovendo um concurso fotográfico chamado “Are We There Yet?” (algo como “Já chegamos?”). Para participar, clique aqui. E tem até um modelinho de paper toy (PDF)

 

Aproximação, chegada e pouso

A chegada ao cometa 67P/C-G está prevista para agosto de 2014 (SIM, tá chegando!) e o módulo Philae vai pousar no cometa em novembro.

Rosetta_spacecraft_2k

Essa é uma imagem do cometa, feita pala NAVCAM da Rosetta (a NAVCAM é a câmera com a resolução mais baixa da missão). Dá pra ver que ainda tem chão pela frente até chegar… mas logo logo nossa brava sonda estará orbitando o 67P/C-G.

A sonda vai orbitar o comenta em sua passagem pelo periélio (o ponto mais próximo ao Sol) e exatamente 1 ano após sua entrada na órbita do cometa, a missão chegará oficialmente ao fim.

Pelo que já vi sobre essas missões que terminam assim abruptamente, as coisas não são bem assim. Os rovers gêmeos de Marte (Spirit e Oportunity) tinham apenas 3 meses de missão, mas o Spirit durou 7 ANOS e meio e o Oportunity AINDA ESTÁ OPERACIONAL HÁ 10 ANOS E MEIO.

Então eu ainda acho que veremos a Rosetta por muitos anos ainda, acompanhando o 67P/C-G até os confins do cinturão de Kuiper, de onde ele vem (pra lá de Netuno). Eu realmente não vejo a hora de ver as fotos e principalmente, as descobertas que a equipe vai fazer baseada nos dados dessa missão.

 

Se você até agora ainda não se empolgou, alguns fatos mais sobre a missão:

• vai ser a primeira vez que um objeto feito pelo homem vai orbitar o núcleo de um cometa

• vai ser a primeira espaçonave a acompanhar um cometa em sua passagem pelo ponto mais próximo ao Sol

• vai ser a primeira sonda a examinar como se forma a cauda e a coma do cometa

• vai ser a primeira vez que um objeto feito pelo homem vai POUSAR no núcleo de um cometa

• teremos as primeiras imagens da superfície de um cometa

 

Uma última curiosidade é que após processadas as primeiras imagens da aproximação revelaram que o cometa 67P/C-G parece na verdade um patinho de borracha gigante, rodando pelo espaço! Dêem uma olhada na animação que o pessoal do Instituto Max Plank fez com as fotos que vieram da NAVCAM da Rosetta em 12 de julho de 2014. Nessa imagem também dá pra ter uma boa idéia do tamanho do núcleo do cometa.

shap1

 

 

Fiquem ligados que eu pretendo cobrir tudo sobre a chegada da Rosetta ao seu destino aqui no blog.

 

 

fontes:

ESA Rosetta: http://sci.esa.int/rosetta/

ESA Mission Rosetta: http://www.esa.int/Our_Activities/Space_Science/Rosetta

Wikipedia: http://en.wikipedia.org/wiki/Rosetta_(spacecraft)

 

imagens:

http://www.esa.int/spaceinimages/Missions/Rosetta/(class)/image

http://www.mps.mpg.de/3687092/PM_2014_07_17_Der_zweigeteilte_Komet

Revista Galileu and I Fucking Love Science

Estou postando aqui o comentário que postei no meu Facebook e que venho postando no site da revista Galileu, bem como uma tradução para o inglês, para a Elise Andrews, dona do “I Fucking Love Science” também tomar ciência do que vem ocorrendo.

UPDATE: A Revista Galileu finalmente respondeu ao meu comentário na fan page e, com certo atraso, fez o que deveria ter feito. Aí vai a resposta deles: “Olá, Thiago. Avaliamos as duas matérias e as tiramos do ar. O responsável pelos textos, um funcionário novo, já foi notificado e, garantimos, trabalharemos para que essa situação não se repita. Agradecemos muito a sua ajuda e preocupação e pedimos desculpas pela situação.”

Screen Shot 2014-07-24 at 12.01.55 PM

Um rápido comentário: foi uma coincidência tremenda que eu tenha enviado esse post do blog, com a tradução para o inglês para a Elise Andrew e MENOS DE 24H DEPOIS a revista tenha tirado os posts do ar né? Coincidência maior ainda o blog ter tido uma única visita vinda do Canadá (terra da Elise)? Então, tenho evidências para crer que a própria Elise enviou uma notificação para que tirassem os posts do ar. De qualquer forma, foi uma vitória das boas práticas da ciência e do jornalismo. Parabéns à Galileu e a todos os envolvidos.

UPDATE2: Eles retiraram os posts apontados, mas aparentemente não fizeram uma revisão de todo o conteúdo postado por esse suposto “novo funcionário”. Sem muito esforço achei mais um post copiado do I Fucking Love Science e um possivelmente copiado do Hunfington Post (mas não vou colar esse aqui, pois não tenho certeza).

Parasita que vive no intestino de gatos pode atuar como vacina para o câncer
(original  Cat Parasite Modified Into An Effective Cancer Vaccine). 

******************************************************

Cara Revista Galileu, copiar conteúdo do site I fucking love science sem dar crédito é feio. Não é assim que se faz ciência e muito menos jornalismo.

Numa passada de olhos vi dois casos, certamente há muitos outros: 7 Mitos da Ciência que Não Fazem Sentido (original Common Science Myths That Most People Believe) and Por que o Rio Amazonas Corre para o “Lado Errado”? (original The Amazon River Flows Backwards, And Now Scientists Have Figured Out Why).

Deixei um comentário apontando a mancada no primeiro post (dos 7 mitos…) mas aparentemente o comentário escafedeu-se (ou teria sido apagado?). Cuidado gente, são as Organizações Globo e não um blogzinho qquer. Têm que ter um pouquinho mais de responsabilidade com o que publica.

Update: estou certo de que os comentários estão sendo sistematicamente deletados do site, e como não recebi nenhuma resposta nem no facebook nem no twitter, estou então deixando registrado no meu blog.

*******************************************************

Dear Revista Galileu

Translating content without giving credit to the “I Fucking Love Science” website is unethical. That’s not the proper way of doing science neither journalism.

At a first glance, I saw 2 examples, but I’m sure there’s much more:  7 Mitos da Ciência que Não Fazem Sentido (original Common Science Myths That Most People Believe) and Por que o Rio Amazonas Corre para o “Lado Errado”? (original The Amazon River Flows Backwards, And Now Scientists Have Figured Out Why).

I left a comment pointing the “mistake” on the first post, but apparently the comment disappeared (or was erased?).

This is not some minor publication, Revista Galileu is a big magazine belonging to one of the major media outlets in Brazil (Oraganizações Globo). You HAVE to be careful with what you post!

Update: I’m pretty sure my comments are being deleted, since I keep posting and minutes later it vanishes again. I didn’t have any response on twitter or on their fan page either.

suassuna

lá se vai mais um grande escritor. pior que isso: menos uma pessoa que pensa de verdade no planeta.

para quebrar a tristeza dessas últimas semanas, com a partida de João Ubaldo Ribeiro, Rubem Alves e agora Ariano Suassuna, deixo um dos meus vídeos favoritos da vida.

Lembrando sempre que “em redor do buraco tudo é beira!”