29 de fevereiro!

Hoje é um dia especial! Não por ser o primeiro dia da vida do Leonardo DiCaprio depois de ganhar um Oscar, mas por ser um dia a mais em um ano bissexto.

Mas tudo mundo aí tá manjando legal o que é um ano bissexto?

CLARO! A Terra demora 365 dias e 6 horas (365,25 em números decimais, que vão facilitar nossa vida daqui a pouco) para dar uma volta completa ao redor do Sol, isso faz com que tenhamos um “troco” de ano que ignoramos solenemente até o 4º ano (6h x 4 = 24h = 1 dia. ou em decimais: 0.25 x 4 = 1 dia) e aí colocamos esse dia de volta e todo mundo fica bem, certo? SIM!!! certíssimo, só que não.

Essa é a parte simples da explicação, mas tem uma parte BEM mais legal (uns vão chamar de chata, mas eu acho legal e o blog é meu, então dá licença).

 

Vamos lá:

Na verdade o período de rotação da Terra ao redor do Sol não é exatamente 365,25 dias é exatamente 365,2421891 (duração do ano Tropical, uma das formas de calcular o período orbital da Terra)

E é aí que começam os “pulos” de vai e vem do ano bissexto (em inglês é Leap Year, algo como “ano que pula” – um nome bem adequado, eu diria).

Para corrigir o “grosso” da coisa, 1 dia a cada 4 anos resolve o problema. Mas mesmo assim tem uma sobra. Um dia a cada 4 anos é colocar MAIS do que realmente precisaria, então os anos que marcam os séculos (a cada 100 anos) NÃO são bissextos (dá pra dizer que os anos que são divisíveis por 100 não são bissextos, como 1700, 1800, 1900 – nenhum desses anos foi bissexto, mesmo caindo 4 anos depois de um ano bissexto).

Mas tem mais! Agora essa correção do século deixou “faltando” um troco, então há mais uma regrinha: a cada 400 anos, o ano que marca o século É bissexto! Por isso o ano 2000 foi bissexto (e não apenas porque era divisível por 4).

O que não dá pra entender é que a regra oficial para por aí, mas ainda há um “troco” que poderia ser BEM corrigido se tivesse mais uma iteração: a cada 3200 anos retirarmos o ano bissexto. Aí sim teríamos uma conta perfeitinha (mas a galera ainda tem tempo até chegarmos ao ano 3200, e mesmo se perderem o bonde, o ano de 6400 vai demorar um tantinho a mais). segundo Phil Plait

 

Bom, resumindo (e simplificando):

Ano divisível por 4 = Ano bissexto (ex.: …, 1980, 1984, 1988, 1992, 1996, 2004, 2008, 2012, 2016, 2020, …)

Ano divisível por 4 e por 100 = Não bissexto (ex.: …, 1700, 1800, 1900, 2100, 2200, …)

Ano divisível por 4, por 100 e por 400 = Ano bissexto (ex.: …, 1600, 2000, 2400, …)

 

O que eu acho mais legal nisso, é que nós vivemos momentos únicos e especiais e às vezes nem nos damos conta. Um ano como o ano 2000 (ano que marca século mas é bissexto) só vai acontecer novamente no ano 2400, acho que ninguém que está lendo isso vai ter paciência para esperar até lá.

 

Nesse vídeo, Neil deGrasse Tyson explica direitinho (porém em inglês) foi minha principal fonte de pesquisa para esse post.

 

Matt Parker (aviso: Matt é matemático, então estejam cientes que vai doer… mas é engraçado – também em inglês)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s